Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Leigos Missionários Combonianos

Servindo a Missão ao estilo de S. Daniel Comboni

Leigos Missionários Combonianos

Servindo a Missão ao estilo de S. Daniel Comboni

Peregrinação da Família Comboniana a Fátima

 

No dia 28 de Julho participámos na Peregrinação da Família Comboniana a Fátima. Foi uma grande festa, feita de alegria, oração, reencontros e despedidas! Para mim, foi o culminar do segundo ano de formação, e por isso, consequente partida em missão! Mais de duas mil pessoas estiveram presentes neste momento tão especial e encheram por completo o auditório do Centro Paulo VI. Dezenas de autocarros chegaram de toda a parte, do norte ao sul, alguns tendo que fazer viagens de 3 e 4 horas! Sorte a minha, pois os 3 autocarros de Santarém fizeram uma viagenzita de 45 minutos!

Após o caloroso acolhimento (altura de rever muitas pessoas que só encontramos nesta data de ano a ano), foi feita uma pequena introdução ao tema deste ano: “Terra – a nossa casa comum”. Seguiu-se a Eucaristia, à qual as cerimónias e os cantares africanos (a cargo do grupo Vozes d’África), deram uma dimensão muito espiritual e de comunhão entre dois povos.

Após a Eucaristia, partilhámos a “merenda” num enorme convívio!

No fim do “repasto”, tinha chegado a hora de viver o momento mais especial, comovente e emotivo do dia: o terço na Capelinha das Aparições e o meu envio, da Maria Augusta e da Irmã Conceição (entre outros). Durante o terço, lembrei-me muitas vezes do ano passado, altura em que eu estava a ver de fora o envio da Milu, da Vânia, da Sandrinha e da Su e pensava se este ano eu também iria ali estar! E graças a Deus, sim! Tinha chegado a minha vez de ser enviado! Foi uma sensação de grande alegria por mim, pela Sandrinha e pela Su, que continuam ambas em missão, mas também de muitas saudades das duas…

Após este momento inesquecível, era a altura do convívio no Centro Paulo VI. Pela primeira vez fiz de apresentador, juntamente com a Bárbara e acho que não correu nada mal, excepto alguns problemas técnicos na parte final. Obrigado Bárbara pela tua ajuda e apoio porque foste fundamental!

No fecho do convívio, o Padre Alfredo e os LMC orientaram a oração final, muito interligada com o tema da Peregrinação.

Muito obrigado aos meus queridos irmãos LMC pelo apoio e carinho que me deram e por estarem felizes com o meu envio! Se Deus quiser, para o ano alguns deles poderão viver este momento e sentir o que eu senti quando recebi a cruz…

Álvaro Gomes


“Vai meu irmão, minha irmã! Lá, em tua nova Missão, em tua nova terra, em tua nova pátria, anunciarás Jesus Cristo e o Seu Evangelho, servirás os pobres, os excluídos do banquete da vida, lavando-lhes os pés. Falarás com quem nunca andou ou não anda connosco. Tu te apaixonarás com muito carinho por um povo com cultura e tradições diferentes. Chegando lá, estranharás, sem dúvida, os costumes e usos locais, mas não imporás as tuas ideias! Não apresentarás o país que te viu nascer como paraíso! Não dirás nunca que no lugar onde te criaste, as coisas são bem melhores! Não darás nunca a impressão de que vieste para ensinar, para civilizar, para instruir, para colonizar! Jamais violentarás a alma do povo que, doravante, será o teu povo! Oferecerás simplesmente o testemunho da tua fé, da tua esperança e do teu amor, e darás a tua vida até ao fim, até às últimas consequências! Assim, tu terás o privilégio e a felicidade de viver a graça de todas as graças! Encontrarás o Senhor que disse: “Depois de eu ressuscitar, irei à vossa frente para a Galileia” (Mc 14,28). Missão é sempre ir à Galileia de todos os continentes…”

Dom Erwin Krautler, Bispo-prelado Xingu - Brasil

 

 

 

 

 

 

 

 

 


Álvaro