Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Leigos Missionários Combonianos

Servindo a Missão ao estilo de S. Daniel Comboni

Leigos Missionários Combonianos

Servindo a Missão ao estilo de S. Daniel Comboni

Ecos da peregrinação

 

A peregrinação da Família Comboniana a Fátima realizou-se no dia 30 de Julho. Participaram cerca de 2000 pessoas vindas de diferentes partes do país. O tema da peregrinação foi: “Com Daniel Comboni Missionários da Eucaristia”. Estes momentos são únicos e cheios de vida, alegria e entusiasmo missionário. É nestes momentos que vemos a grande família Comboniana que somos e a força que temos. É nestes momentos que reencontramos pessoas amigas que já não víamos algum tempo, relembramos caminhos trilhados, partilhamos sonhos e esperanças de um outro mundo possível. Nos revitalizamos uns aos outros em Cristo Missionário do Pai. Nestes momentos o tempo é sempre pouco para colocarmos a conversa em dia e nem sempre se pode cumprimentar todo mundo. Ficara para uma próxima ocasião diz a gente, sempre com a esperança do reencontro. O nosso grupo de LMC esteve bem presente, nem todos puderam participar, mas a maior parte lá esteve dando o seu melhor. Participamos juntos na Eucaristia e colaboramos no momento do ofertório levando o símbolo do pão até ao altar. “Pão” que se pretende chegue a todo o mundo; “Pão” que se pretende seja repartido (compartilhar com os outros o “pão” que da vida, ser missionários e missionárias da Eucaristia). Também rezamos juntos na Capelinha das Aparições e enviando os missionários e missionárias que este ano estão de partida para a Missão. E depois na parte da tarde tivemos o convívio onde nós os LMC realizamos o sorteio da Rifa a favor do nosso movimento. Os números sorteados foram os seguintes:
1º prémio: número
: 0707 Ana Paula Goveia de Mangualde
2ª prémio: número: 1410
L. J. de Viseu
3ª prémio: número: 1835
Palmira Pinheiro
de Torredeita
Parabéns aos premiados e um muito obrigado a todos e todas (quer os que venderam as rifas, quer os que as compraram) por ajudar. Por fim cantamos a canção da formiguinha. Claro que tivemos que “sacudir a formiguinha” e desta forma animar ainda mais todo o pessoal. Foi bom estar juntos mais uma vez. Para o ano de novo lá estaremos, se Deus quiser (e eu acho que Deus quer mesmo). Nós, os LMC, continuamos o nosso caminho.