Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Leigos Missionários Combonianos

Servindo a Missão ao estilo de S. Daniel Comboni

Leigos Missionários Combonianos

Servindo a Missão ao estilo de S. Daniel Comboni

2ª Assembleia LMC - Continente Africano

 
"... a nossa estabilidade e confiança em Deus"
 
A segunda Assembleia continental dos Leigos Missionários Combonianos decorreu de 21 a 25 de Julho de 2014, em Kinshasa (RDC). Estavam presentes: 5 sacerdotes, 2 irmãs, 18 leigos, entre os quais 2 representantes do Comité Central. Os participantes representavam 6 províncias da África francófona e inglesa. Na foto: Dieudonné Likambo (Congo), P. Joseph Mumbere Musanga (Congo), P. Arlindo Pinto (Roma), Márcia Costa (Moçambique); Innocent Mweteise Karabareme (Uganda), e Alberto de la Portilla (Espanha).
 
O objectivo desta Assembleia de Kinshasa era estabelecer um plano de acção concreto, partindo das conclusões das assembleias anteriores – a Assembleia Continental de Layibi (2011) e a Assembleia Internacional na Maia (2012) –, sob o tema: “Começar com aquilo que temos e a partir da nossa realidade”.

 

Tendo em conta os desafios actuais da realidade africana, em que Deus chama os LMC a viverem a vocação como um testemunho do Seu amor, segundo o carisma de São Daniel Comboni, ao serviço da missão, que é dom de Deus, e, após uma reflexão conjunta, os participantes tiraram algumas conclusões que permitirão agora a cada província estabelecer um plano de acção.

 

Do encontro surgiram várias conclusões nos campos da Vocação, Relação entre os LMC, Formação, Economia e Organização.

 

Sem pretender minimizar um Encontro do qual saíram importantes propostas, salientamos algumas reflexões que nos ajudam também a nós, a descobrir a nossa vocação de LMC's deste lado do mundo.

 

"Encorajamos cada LMC a viver a sua vocação, (...) a ultrapassar as dificuldades da vida e a manter os diferentes compromissos que tem, enquanto pais, trabalhadores e cristãos, dando assim testemunho da nossa vocação."

 

"As comunidades LMC precisam de elaborar processos que permitam o pleno cumprimento da vocação pessoal dos seus membros, ao longo de toda a vida; e de estabelecer um calendário de oração, de retiros, de sacramentos e de revisão de vida comunitária."

 

"Queremos incluir na nossa vida espiritual a economia pessoal, para viver uma vida fundada na Providência. Neste sentido, pedimos aos grupos para terem em consideração nos seus programas de formação, uma rubrica sobre a relação com o dinheiro, colocando a nossa estabilidade e confiança em Deus."

 

Para a leitura integral das conclusões clique aqui.

 

 

 

Fonte: comboni.org

Apontamentos por: Pedro Moreira