Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Leigos Missionários Combonianos

Servindo a Missão ao estilo de S. Daniel Comboni

Leigos Missionários Combonianos

Servindo a Missão ao estilo de S. Daniel Comboni

Advento, tempo de espera

Advento é o tempo de preparar os caminhos do Senhor.

É o tempo em que a nossa oração se torna num grito novo de esperança:

Vem Senhor Jesus!

(Ap 22,20) 

 

“Recebo como uma graça a oportunidade de estar com esta família que procura, segundo o carisma de Comboni, ser missão e assim viver nela e para ela.” 

 

No dia 17 e 18 de dezembro decorreu o quarto encontro de formação Dos Leigos Missionários Combonianos.

 

Num tempo de espera do encontro com o Menino Deus nascido em Belém, foi um convite a nos abrirmos com alegria e esperança ao Seu amor e ao seu convite de amar ao seu jeito.

Assim lança-nos o apelo de amarmos todos, começando pelos mais necessitados não só materialmente mas também de amor. Desta forma os idosos, as crianças e os doentes serão aqueles que mais nos surgem na ideia por serem os mais indefesos. Talvez por isso um dos temas de reflexão foi sobre os idosos baseando-nos no livro: "Os velhos deviam ser como exploradores".

Numa sociedade em que nos deparamos com a problemática do envelhecimento descobrimos o quanto necessitamos de ser capazes de compreender o que é ser idoso e como o ajudar a viver os últimos anos com a sua dignidade, sem se sentirem sozinhos e excluídos da família e da sociedade.

 

Neste fim de semana vivido com alegria por estarmos juntos em reflexão, partilha e oração para melhor discernirmos o que também Ele nos pede perante estas situações de sofrimento e angústia.

Foi com muita alegria que partilhamos uma tarde cheia de música com os idosos da Caritas de Coimbra, ficando grande parte dos idosos agradecidos pela partilha daquele momento. Como dizia uma utente: "obrigada por nos virem fazer sorrir". Eu agradeço-lhes pela disponibilidade, abertura e simpatia com que fomos recebidos.

 

Estando pela primeira vez a participar no encontro, recebo como uma graça a oportunidade de estar com esta família, que procura segundo o carisma de Comboni sermos missão e assim vivermos nela e para ela.

 

No final animados pela comunhão fraterna e eucarística partimos todos com maior força para responder ao apelo deixado pelo Jesus Menino de estarmos abertos à humanidade e atentos aos gritos de dor dos irmãos que precisam da nossa mão.

Que seja Natal em cada coração e assim seremos mais irmãos.

 

Rosa Catarina Cardoso, Formanda LMC