Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Leigos Missionários Combonianos

Servindo a Missão ao estilo de S. Daniel Comboni

Leigos Missionários Combonianos

Servindo a Missão ao estilo de S. Daniel Comboni

Pela segunda vez chorei

Recebemos o testemunho da LMC Élia Gomes que está em Missão na República Centro Africana.

Traz-nos um texto pragmático penetrado de verdade.

Missão é levar o amor. Muitas vezes, esse amor chega em situações de vida terminal... como se Deus quisesse que a entrada no Céu daqueles que amamos comessasse já cá na terra...

Deixamos aqui expresso o nosso pesar pelo falecimento da Rebeca e do Youkou.

Obrigado Élia pela tua partilha.

 

 

 

“Há dias o pai dizia-me que a mãe vinha durante a noite ver o seu menino. Hoje o menino partiu para junto da mãe!”

  

Hoje, chorei.

É a segunda vez que choro desde que cheguei a Mongoumba.

 

Em Janeiro chorei a morte da Rebeca, hoje choro a morte do Youkou, duas crianças que durante meses foram seguidas e apoiadas pela Missão no âmbito do projecto da malnutrição.

 

Conheci a Rebeca em Julho de 2011 numa visita ao hospital, um caso de malnutrição grave numa criança de cinco anos. Não pensei que sobrevivesse. Mas passados alguns dias o pai procurou-me para pedir ajuda pois não tinha meios para continuar no hospital e a menina devia continuar sob vigilância.

Assim, em Agosto saíram do hospital tendo ficado alojados no Centro de Reabilitação da Missão. Além do alojamento, apoiamo-los também na alimentação, nos tratamentos e na compra de medicamentos.

A Rebeca ficou cega devido à carência de vitamina A, teve de reaprender a andar, tinha feridas que não chegaram a cicatrizar…

Num dia de Dezembro o pai veio dizer-nos que ela estava com diarreia. Foi ao hospital, começou o tratamento, mas três dias depois partia para o Senhor.

Para ela, para os pais e irmãos foi o repouso depois de meses de sofrimento. Para mim foi um sentimento de perda, de impotência perante a doença, a fome e a morte.

 

Com o Youkou foi diferente, foi-nos enviado pelo hospital para apoio nutricional. Um caso de malnutrição numa criança de 18 meses, com a mãe grávida e doente.

Chegou ao Centro em meados de Novembro e recuperou bem.

Em Janeiro a mãe foi submetida a uma cesariana, perdeu o bebé e morreu passada uma semana.

Continuamos com o apoio ao Youkou. Três vezes por semana o pai trazia o menino à Missão para receber os suplementos. Há quatro dias, o menino chegou mais magro, com diarreia e recusa em comer. Ficaram no Centro para vigilância e hoje disseram-me que tinha morrido de manhã e mais uma vez chorei… chorei a morte do menino triste, de olhos lindos que nunca sorria.

Há dias o pai dizia-me que a mãe vinha durante a noite ver o seu menino. Hoje o menino partiu para junto da mãe!

 

Por eles, por todas as crianças e adultos que morrem de fome ou doença só me resta pedir:

” Dá-lhes Senhor o repouso eterno e faz brilhar sobre eles a Tua luz sem fim”. Por mim, por nós, peço a Deus que envie o seu Espírito, que Ele nos ajude nos momentos de fraqueza para que possamos cumprir a Sua vontade todos os dias, da nossa vida.

 

 

 
 
 
Élia Gomes, LMC