Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Leigos Missionários Combonianos

Servindo a Missão ao estilo de S. Daniel Comboni

Leigos Missionários Combonianos

Servindo a Missão ao estilo de S. Daniel Comboni

Fidelidade a Cristo como principal metodologia missionária

Publicamos no nosso blog um pequeno trecho da entrevista dada por Dom António Couto, Bispo de Lamego, à revista Fátima Missionária, por julgarmos que destaca de forma simples e forte um dos aspetos mais importantes a termos em conta quando falamos de Nova Evangelização.

Os mais interessados poderão aceder à entrevista completa clicando aqui.

    

 

"O caminho da nova evangelização passa

não tanto por querermos inovar,

mas pela nossa fidelidade a Jesus Cristo"

 

Fátima Missionária (FM) - Fazem falta à Igreja Católica pessoas mais empenhadas, como foi São Paulo?
Dom António Couto (AC) - A Igreja precisa de seguidores radicais de Jesus Cristo. Foi o que Paulo foi. Alguém que siga Jesus Cristo de perto e não queira inventar e dizer coisas fora daquilo que é Cristo e o seu Evangelho. Paulo inovou completamente sem precisar de inovar, porque apenas imitou Jesus Cristo. Foi até hoje o maior missionário de todos os tempos.

FM- O caminho da nova evangelização passa por ai?
AC- Claro. Não tanto por querermos inovar, à procura de expressões novas, de dar resposta a esta geração de hoje, que é diferente, mas pela nossa fidelidade a Jesus Cristo. Ou seja, em vez de novidade, fidelidade. Se nós vivermos como Cristo, ao estilo de Cristo, seguramente que o mundo mudará, porque a nossa vida muda. Mudando a nossa vida, mudamos a vida dos outros. Se a nossa vida não mudar, escusamos de pensar em mudar a vida dos outros.

FM- Este ano do Curso de Missiologia registou um aumento de participação de leigos. É um bom indicador?
AC- É sempre bom que os leigos percebam que não são de segunda, em relação ao resto da Igreja. Os leigos são extremamente importantes e onde não houver leigos, a Igreja não está suficientemente implantada. Porque o leigo é aquele que leva o Evangelho ao coração do mundo. Quem é que entra nas fábricas, quem é que entra nas escolas, nas casas, nos cafés? São os leigos. Os leigos estão no coração do mundo e o Evangelho tem que chegar ao coração do mundo. Nós temos que nos rodear de muitos e bons cooperadores, como fez São Paulo. Ele podia pouco sozinho, mas se for uma rede de muita gente, será muito mais fácil levar mais longe o Evangelho.

 

Fonte: Fátima Missionária