Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Leigos Missionários Combonianos

Servindo a Missão ao estilo de S. Daniel Comboni

Leigos Missionários Combonianos

Servindo a Missão ao estilo de S. Daniel Comboni

LMC – Ecos de um Encontro das Américas

 

 

“... trabalhou-se com entusiasmo

na busca de um caminho comum.”

 

 

O II Encontro dos LMC da América - com o comitê central da LMC - teve lugar na Maia, Portugal, nos dias 29, 30 de novembro e 1 de dezembro. Os países da América reuniram-se na Maia por razões económicas e de logística: para evitar duas viagens e duas taxas - de fato, imediatamente após esta reunião seguiu-se a agendada Va Assembleia intercontinental dos LMC, de 2 a 8 dezembro – isto porque para os LMC Americanos é difícil estar longe de seus empregos e têm poucos recursos económicos para as viagens internacionais.

A atmosfera que reinou durante a reunião continental foi cordial, de fraternidade e familiar, mas também se trabalhou com entusiasmo na busca de um caminho comum. Para os membros da comissão continental foi uma oportunidade valiosa para se conhecerem em pessoa, viverem e refletirem em conjunto sobre o movimento LMC no continente.

 

 

 

Participaram LMC’s e assessores Combonianos das províncias do sul do Brasil, Peru, Colômbia, América Central, México e Estados Unidos-Canadá. Infelizmente, o irmão Marco Binaghi teve de abandonar a reunião devido ao estado de saúde do seu pai que acabou por falecer passados poucos dias. Apresentamos as nossas condolências ao Ir. Marco e à sua família.

Conforme programado, fez-se um apanhado histórico  do Movimento a nível Americano e salientamos o facto de apenas estarmos a começar esta caminhada em conjunto. Os LMC surgiram nos diferentes países da seguinte forma: México (1992), Estados-Unidos / Canadá (1993), Brasil (1995), Colômbia (1995), Peru (1996), América Central / Guatemala (2009). Não só existem LMC’s locais nestes países mas também existem LMC’s europeus da Espanha, Itália, Portugal e Alemanha.

 

 


Sobre a questão da formação, todos concordaram em rever os programas de acordo com os documentos existentes e atualizá-los de acordo com as conclusões da reunião de Ellwangen, isto é, seguindo as etapas descritas nos documentos, mas adaptando-as ao contexto de cada país. Quanto À experiência Comunitária comum sugere-se que os LMC estudem, trabalhem e façam trabalho pastoral. Para a formação permanente deverá haver partilha de materiais e um encontro anual com os regressados da missão.

Quanto às questões organizativas a nível continental, foram escolhidos dois países para integrar a equipe coordenadora, México e Brasil.  A Delegação da América Central fica assim constituída pela Manuela Valladares Esquivel, LMC do México, Cristina Paulek, LMC do Brasil, e o Provincial responsável pelos LMC no continente, neste caso, o P. Leandro Leonardo Araya. Também foi decidido que o comitê continental se reunirá a cada dois anos, sendo a próxima reunião na Guatemala em 2014.


Foram identificados alguns desafios e metas para trabalhar nos próximos anos. Destacam-se:

  • a consolidação do caminho continental;
  • a criação de redes de comunicação em todos os níveis: local, continental e internacional;
  • a revisão de Diretórios ou Estatutos de acordo com as decisões a nível internacional;
  • o fortalecimento das Comunidades Internacionais, escolhendo-se para esse fim dar prioridades aos projetos do Peru e de Moçambique;
  • o trabalho para melhorar as relações com os Missionários Combonianos (MCCJ).

A reunião não se limitou a uma atmosfera de comunhão e de fraternidade, mas também um clima de oração e de intercâmbio cultural. Todos estavam felizes por ter participado e se comprometeram a partilhar com outros LMC’s o vivido e acordado nesta reunião.



Pe. Fernando Gonzalez Galarza, MCCJ

Fonte: Comboni.org