Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Leigos Missionários Combonianos

Servindo a Missão ao estilo de S. Daniel Comboni

Leigos Missionários Combonianos

Servindo a Missão ao estilo de S. Daniel Comboni

LMC – Espiritualidade e vida (História)

 

 

Sem deixar de considerar todos os leigos, também eles missionários, que vivem o Carisma Comboniano e o enriquecem com a diversidade das suas vidas, pretendo com estes artigos dar a conhecer um pouco da espiritualidade e vida do Movimento dos LMC (Leigos Missionários Combonianos) que, dentro da Família Comboniana, participam na Missão através do envio de leigos missionários para outros países, povos e culturas.

 

"O envio de leigos missionários abala consciências

questionando especialmente familiares e amigos  

sobre as implicações concretas da fé nas nossas vidas."

 

Desde o início da história da Igreja que se encontram relatos de cristãos leigos que, enamorados por Jesus, encontravam espaço na sua vida familiar, profissional e social para segui-Lo, partindo para O anunciar a outros povos. Isto também sucedeu com São Daniel Comboni que levou consigo leigos que o ajudaram em questões práticas da missão dando ao mesmo tempo testemunho missionário de adesão a Jesus e ao seu Reino.

 

Na Europa do final do século XX, num tempo em que este fenómeno ia ganhando expressão, foi surgindo a ideia, em vários leigos e institutos missionários, de se criarem Movimentos laicais em que os próprios leigos pudessem ser protagonistas da missão, dando assim resposta ao chamamento de Deus, isto é, à sua vocação. Foi o que sucedeu na Família Comboniana com a criação do Movimento LMC.

 

 
 

Hoje em dia os LMC propõem um percurso formativo próprio e organizam-se de forma a tornar possível a continuidade dos seus projetos missionários no meio de outros povos e em Portugal. Zelam pela permanência dos seus missionários no terreno e apoiam-nos na hora do regresso à sua terra.

 

Com esta atividade missionária também procuram animar a Igreja local, quer pela formação dada aos seus membros, quer pelas atividades de animação missionária. No entanto, é sobretudo com o envio dos leigos missionários que se abalam mais consciências, especialmente no círculo de familiares e amigos do leigo que parte, onde as pessoas se questionam mais a sério sobre as implicações concretas da fé nas nossas vidas.

 

 "Os leigos estendem o anúncio da Igreja ao seio do mundo

através do seu desejo de fidelidade a Cristo

em todas as dimensões das suas vidas."

 

Inspirados pelo carisma de São Daniel Comboni, os LMC procuram ser mais uma resposta de Deus às necessidades da Igreja e do mundo de hoje. Entendemos que os leigos têm um papel insubstituível na missão. Pelo seu testemunho na sociedade, na família, no trabalho, no grupo de amigos, nas escolas, estendem o anúncio da Igreja ao seio do mundo através do seu desejo de fidelidade a Cristo em todas as dimensões das suas vidas.

 

No entanto, antes de decidir partir em missão, é de extrema importância que o LMC perceba as razões mais profundas que o motivam. Deve perceber que já aqui vivemos todos em missão. Deve encontrar-se com Aquele que o envia e compreender a missão que lhe é atribuída. É por isso que damos tanta importância à formação, da qual falarei no próximo artigo.

 

 

Por: Pedro Moreira, LMC

Fonte: “Evangelizar Hoje”