Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Leigos Missionários Combonianos

Servindo a Missão ao estilo de S. Daniel Comboni

Leigos Missionários Combonianos

Servindo a Missão ao estilo de S. Daniel Comboni

LMC - Espiritualidade e vida

 
A Missão da Igreja, em cada um dos seus membros, é a Evangelização.

Não se trata da divulgação de uma ideologia ou de um código de conduta, nem se limita a um plano de irradicação da pobreza e dos males do mundo. A Evangelização nasce de um Encontro e consiste na vivência simples e consequente de uma realidade entusiasmante: Deus existe, conhece-nos e ama-nos profundamente… sem exceções e para sempre!

 

Quando assimilada pela fé, esta realidade tem impacto em toda a nossa vida e atravessa todas as suas dimensões. Influencia positivamente a forma como nos relacionamos connosco mesmos, com os outros e com toda a criação. É como se agíssemos sempre interpelados pela seguinte questão: O que É que me move?

 

“A Missão da Igreja, em cada um dos seus membros,

é a Evangelização”

 

Como qualquer cristão, a vida de batizado do LMC leva-o a agir em tudo como portador de uma grande graça, amando a Deus e aos que o rodeiam, seja em que contexto for.

 

Todo o cristão procura transformar o mundo com os valores do Reino. Os leigos fazem-no a partir de dentro, em todas as dimensões da vida (familiar, profissional, social, ecológica, etc.) e inserem-se na vida da Igreja vendo nela a Esposa de Cristo a atuar no mundo de hoje. Em tudo procuram agir como homens e mulheres de consciência, tendo em conta o bem integral de todos.

 

Como leigos que são, os LMC partilham deste desejo de configurar o mundo à imagem do Reino de Deus. O que torna a vocação dos LMC específica é o chamamento que sentem para participar na Missão da Igreja – partindo e deixando a sua terra para ir e anunciar a Boa-Nova aos outros povos segundo o carisma de São Daniel Comboni.

 

Este chamamento não o desresponsabiliza quanto às outras necessidades da missão do seu país de origem. Pelo contrário, o modo particular como as vive são uma riqueza que não deve negar ao mundo.

 

“Como leigos que são, os LMC partilham deste desejo

de configurar o mundo à imagem do Reino de Deus.”

 

Na fidelidade ao seu carisma, os LMC procuram aproximar-se dos mais pobres estimulando-os a tornarem-se protagonistas da sua própria história. Vivem a sua vocação como sinal da missionaridade das Igrejas. Empenham-se em projetos missionários, apoiam-se mutuamente através da oração, da oferta do seu sofrimento, da participação económica, da Animação Missionária e da promoção das vocações missionárias.

 

Os LMC também alimentam a sua vocação procurando momentos de partilha com as Seculares Combonianas, as Missionárias Combonianas, os Missionários Combonianos, LMC’s de outros países e com todos os leigos e grupos ligados à Família Comboniana. Acreditam que todos têm um papel único e insubstituível na resposta conjunta que Deus espera da Família Comboniana para a Igreja e para o mundo.

 

Pedro Moreira, LMC

Fonte: “Evangelizar Hoje”

 

1ª parte: LMC – Espiritualidade e vida (História)

2ª parte: LMC – Espiritualidade e vida (Formação inicial)

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.