Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Leigos Missionários Combonianos

Servindo a Missão ao estilo de S. Daniel Comboni

Leigos Missionários Combonianos

Servindo a Missão ao estilo de S. Daniel Comboni

A Páscoa na Etiópia pelas palavras do LMC Pedro Nascimento

Comunidade em Gumuz - irmãs Franciscanas, MCCJ, Irmãs Combonianas, Bispo de Benishangul-Gumuz e Pedro Nascimento

Queridos amigos, queridas amigas:

A todos e todas desejo uma Santa e Feliz Páscoa!

Esta será uma Páscoa diferente. Para dizer a verdade, todas as Páscoas são diferentes, ainda que para os nossos olhos e coração, por vezes adormecidos, tudo pareça igual.

O Covid-19 mudou a nossa vida, fez-nos recordar de que somos pó e em pó nos tornaremos. Uma fragilidade que não nos retira dignidade mas que nos permite aumentar a esperança e a fé em Deus. Afinal a morte não é mais que uma passagem, como nos ensina Jesus com a Sua vida.

Tenho rezado (mais que o normal). Rezo pela minha família tão longe; pelos amigos, que estão bem presentes na mente e no coração; por todo o mundo dilacerado por esta doença. Parecendo pouco, a minha pobre oração é tudo o que vos posso oferecer neste momento.

Também nós na missão, estamos em quarentena. Todas as actividades foram suspensas. Já existe alguma informação sobre procedimentos de higiene, porém, a realidade aqui é completamente diferente da nossa. Iniciámos agora o Estado de emergência. Será impossível realizar confinamento como em Portugal: se não morrem de Covid-19, podem morrer de fome, por falta de alimentos, de trabalho ou de dinheiro. Se não morrerem de Covid-19 ou de fome, morrem vítimas de guerras étnicas como tem acontecido aqui. Tem morrido imensa gente nos últimos dias. As pessoas vivem com medo, os nossos gumuz evitam sair à rua ou fugiram para as aldeias do interior ou para a floresta. Vivemos numa cidade pertencente ao estado de Benishangul-Gumuz mas os gumuz não são a maioria nesta cidade e existe o desejo, para muitos, de que não vivam nesta cidade, de que não possam ir à escola (há um mês entraram na escola e tentaram matar 3 jovens gumuz).

A pertença étnica ainda é muito forte na Etiópia. Esta realidade fere-me o coração. É uma realidade que me ultrapassa. Tenho esperança que a normalidade regresse. Na cidade, a maioria das lojas estão fechadas.

Seja aqui, seja em Portugal, na Europa e em todo o mundo, estamos todos a viver a Paixão e Morte de Jesus na nossa vida, na nossa carne! Espero que também possamos viver todos a Sua Ressurreição no nosso coração.

Obrigado a todos e todas pelas mensagens de carinho e preocupação! Obrigado pela amizade!

Uma vez mais vos desejo uma Santa Páscoa para vós e toda a família.

Este amigo que vos quer,

Pedro Nascimento

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.